2 de julho de 2012

COMPRAS: AS GRANDES LOJAS DE DEPARTAMENTOS

Chile está longe de ser EUA em termos de preços, mas obviamente é bem mais barato que o Brasil.

Só cuidado para não chegar já comprando tudo porque sempre se consegue achar preços melhores ou peças mais originais.

As lojas de departamentos são verdadeiros paraísos para os brasileiros enlouquecidos por compras e são onipresentes, estão por todos os cantos de Santiago.

Em uma viagem com tempo limitado, são uma  mão na roda para quem vai com a famosa listinha de compras e “encomendas”, pois encontra-se tudo em um só lugar: perfumes, cosméticos, bolsas, moda, sapatos, decoração, eletrônicos, brinquedos.

São três grandes redes: PARIS, RIPLEY e FALABELLA.





Para se diferenciar, buscam ter algumas marcas exclusivas, como a infantil americana OshKosh B’Gosh e a feminina Basement,  ambas na FALABELLA, Topshop e a chilena Umbrale, na PARIS e RIPLEY tem Ralph Lauren e  uma feminina legal que é a Marquis, também com linhas bacanas para a casa.

Jogo de cerâmica Marquis

As roupas e sapatos para crianças são fofos, já a moda feminina destas lojas não me atrai tanto e os sapatos, no geral, são um “medo”, é necessário muito garimpo.

Minhas recomendações super pessoais:

Roupas para bebês                        Falabella

Roupas para crianças                     Paris

Roupa de cama, banho                Ripley (comprei lençóis Cacharel por $15.000 pesos (R$ 60)!

Bijouterias                                        Falabella



Sofia by Paris

Sandálias infantis Falabella e Ripley
$6.000 pesos cada (R$ 24)



Casaco lindinho da Ripley
$12.000 pesos (R$ 48)

Mas, para as crianças, ainda prefiro os supermercados, minas de barganhas em roupas! Veja post aqui.

Brinquedos ‘globais’ tipo Barbie, por exemplo, custam cerca de 30% menos que no Brasil.

As TVs também têm preços muito atrativos. Notebooks têm o problema do teclado espanhol, todo estranho: para fazer um simples @, por exemplo, são umas três teclas...

Cosméticos e perfumes (sempre nas nossas listas!) também valem a pena, assim, você não corre o risco de não encontrar algo no free shop, cuja oferta sempre é mais limitada.

No mais, é garimpar um pouco em cada uma. Na época do Natal, os enfeites são lindíssimos (eu que nem ligava muito, fiquei encantada!).



Se quiser adiantar etapas, vale uma olhadinha nos sites delas, mas não se atreva a comprar pela internet, o Chile está a anos luz do Brasil em termos de e-commerce. São muito enrolados, processos burocráticos e longos prazos.  Já usei e não aconselho!

Em termos de atendimento, minha favorita é a PARIS– às vezes, enche um pouco, em cada seção que você chega, alguém te perguntar se pode ajudar, mas é melhor do que vendedores batendo papo, que ignoram os clientes.

O cuidado da PARIS  com o atendimento se reflete nos detalhes:  botão no provador para chamar a atendente caso você precise de algo.




ATENÇÃO ÀS PROMOÇÕES!  Todas as lojas têm cartão fidelidade e há ofertas que são exclusivas para estes clientes. Leia com atenção os cartazes antes de embarcar; sempre está sinalizado.


Ah, e fique atento aos comeciais na TV!  Com frequência, eles promovem semanas especias com grandes descontos em categorias específicas

Sem contar as grandes promoções, que são arrasadoras, mas exigem paciência, pois ficam lotadas!
Quem resiste a esta vitrine da Paris?!?
Parece até que estão dando as coisas lá dentro...hahaha!

Boas compras ;)

16 comentários:

  1. Eu adoro essas lojas no Chile. Já encontrei produtos ótimos com preços bem camaradas ;) Vale a pena dar uma passadinha

    ResponderExcluir
  2. Os preços são muito bons. Minha sogra comprou produtos Lancome na Paris com preços mais baixos que no Free Shop aqui do Brasil (coisa de mais de dez dólares de diferença). Também vi que o preço de uma máquina fotográfica específica estava mais barato na Falabella do que no Free Shop de Santiago, que por sinal tinha pouquíssimas opções de câmeras. Queríamos comprar uma câmera nova e o preço da Falabella estava mais baixo que a própria loja da Sony - e ainda vinha com um cartão de memória maior junto. Vale muito a pena pesquisar os preços antes de partir, para não perder tempo. Quanto à roupas, achamos bons preços também na Falabella.

    ResponderExcluir
  3. Oi Cinthi, ótimas dicas. Vou passar para uma amiga que está indo para o Chile.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ei Cinthia!
    Adorei as dicas!
    Estamos chegando a Santiago no dia 17/07, eu e minha filha de 5 anos, e um casal de amigos com o filhinho de 3 anos... suas dicas estão nos ajudando bastante no planejamento da viagem... rs...
    Sobre os supermercados, mesmo aqui no Brasil a gente consegue muita coisa legal e com preço bom... por exemplo, aqui em Belo Horizonte MG, encontrei casacos de frio tipo jaqueta (infantil e adulto) por R$40 no Extra... e roupas infantis de fleece (aquele tecido tipo lã, que esquenta muito e seca rápido) a R$13 (calça) e R$16 (blusa) no Carrefour...
    Bom, eu tô procurando agora umas dicas de eventos culturais para crianças... aí no Chile tem algum site com a programação cultural... ou mesmo se você souber de algo legal, tipo teatro de bonecos, circo, ou algum festival que dê pra levar os pequenos..
    Mais uma vez, obrigada!!!
    Um abraço,
    Idamila
    PS. Podíamos combinar um passeio em Santiago, para nos conhecermos e pras crianças brincarem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Idamila,

      Vc já deu uma olhada neste post?
      http://www.chileparacriancas.blogspot.com.br/2012/01/uma-semana-no-chile-com-criancas.html
      Tem várias dicas culturais bacanas para os pequenos. Museo interactivo Mirador e Kidzania são imperdíveis.
      Com tempo, tem tb o Museo Artequín (em Santiago ou Viña). São nossos passeios favoritos tb!

      Seria um prazer conhecê-la, mas já estamos de vola ao Brasil...

      Abs,
      Cinthia

      Excluir
  5. Oi Cinthia
    Vou levar meu filho de 6 anos para Santiago e Farellones na segunda quinzena de julho. Como sou carioca, não faço a menor ideia do que levar na mala para ele...até pq nunca o levei para um lugar frio. Quanto às roupas de neve, não me preocupo pois vou alugar. Mas e para passar os 4 dias em Santiago? Não quero levar muita coisa nem ficar correndo atrás para comprar de última hora e perder tempo do passeio. Você teria um rol básico do que levar? Me ajude, por favor!!!
    Agradeço desde já a atenção
    um abraço
    Fabiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana,

      Estou preparando um post, amanhã, coloco no ar.

      Obrigada pela dica, com certeza, deve ter mais gente com sua dúvida.

      Abs
      Cinthia

      Excluir
    2. Olá, assista meu canal no youtube, vocês vão se divertir muito, https://www.youtube.com/watch?v=eoSrydiGpSI
      faça uma visitinha no nosso blog http://www.meumundocoloridobiancaebruna.blogspot.com.br/
      e deixe um presentinho de natal em "Colabore"
      Obrigado! Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

      Excluir
    3. Olá, assista meu canal no youtube, vocês vão se divertir muito, https://www.youtube.com/watch?v=eoSrydiGpSI
      faça uma visitinha no nosso blog http://www.meumundocoloridobiancaebruna.blogspot.com.br/
      e deixe um presentinho de natal em "Colabore"
      Obrigado! Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

      Excluir
  6. Oi Cris,estou indo viajar em junho e queria saer se essa botas que sua filha aparece nas fotos tbm tem preço bom lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Michelle,

      Qualquer coisa tem preço melhor do que no Brasil...
      Essas botas são da Ripley.

      abs
      Cinthia

      Excluir
  7. Tem dicas de hotel que fique perto do Costanera ou Parque Arauco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Minhas recomendações de hotéis estão neste post. Os que ficam na Providencia são os mais próximos ao Costanera:
      http://chileparacriancas.blogspot.com.br/2013/08/listinha-de-hoteis-em-santiago.html

      Excluir
  8. que mentita o chile e igual de caro que o Brasil .

    ResponderExcluir
  9. Meu marido vai com meu filho de 15 anos para o Chile,é a primeira vez que vão para outro país sózinhos,eles vao ficar em um hotel que não tem café da manha (Plaza San Isidro) é muito complicado para tomar café da manha na rua ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, é tranquilo. Tem Starbucks, por exemplo.

      Excluir

Deixe seu comentário! Adoramos conhecer suas aventuras e perguntas também!